Dica literária: Arnold Schwarzenegger: A inacreditável história da minha vida

Imagem

Autor: Arnold Schwarzenegger com Peter Petre

Editora: Sextante

Páginas: 592

Este livro foi uma surpresa muito agradável, a sensação que tive é que ele estava ao meu lado contando sua história, pois a narrativa é cheia de personalidade, com palavrões e brincadeiras, o que tornou as suas 592 páginas muito mais fáceis de serem digeridas, principalmente na parte de sua vida politica.

Outro ponto bem legal, são as fotos, em determinados pontos o texto para e tem uma sequencia de paginas com fotos, de diversos momentos de sua vida.

livro arnold

Eu já conhecia o Arnold Schwarzenegger ator, mas não fazia a menor ideia de como tinha sido a vida dele até aí. Cresci assistindo seus filmes vendo ele todo bonitão e imponente, quando comecei a ler o livro logo de cara já me espantei com um fato que nunca tinha prestado atenção, ele tem quase a idade do meu avô!  Schwarzenegger tem uma história de vida incrível, ele saiu de uma cidadezinha da Áustria, onde sua família vivia com dificuldade, chegando até a dividir a água do banho, e se tornou um dos atores mais bem pagos de Hollywood e governador da Califórnia por dois mandatos!

Imagem

Eu poderia fazer um resumo da vida dele, mas acho que não caberia em um post sobre o livro (posso fazer um sobre ele depois), pois se caracterizaria como spoiler, contudo, ouve diversas passagens do livro que marquei por terem me surpreendido, ou serem divertidas, e decide colocar um dos trechos, de quando ele servia no exercito austríaco.

Eu estava no rádio brincando com um amigo que acabara de receber uma versão mais nova do Patton, o M60, movido a disel. Ele cometeu o erro de se gabar que seu tanque era mais veloz que o meu. Por fim acabei desafiando-o a provar isso, e começamos os dois a descer a encosta…Os outros colegas dentro do tanque comigo estavam ficando loucos. Ouvi alguém gritar mandando que eu parasse, mas pensei que fosse apenas outro condutor de tanque tentando me ultrapassar. Quando cheguei ao sope do morro, parei e olhei para trás à procura do M60. Foi então que reparei em um soldado agarrado com todas as forças à nossa torre de artilharia. Ele e alguns outros membros da infantaria estavam sentados em cima do tanque quando eu começara a descer.

Boa leitura! 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s