Superstições para Virada do Ano

já-escolheu-seu-look-para-o-reveillon-the-toccs-5

Das mais simples como pular as sete ondas, as mais loucas crendices, o povo brasileiro é rico em superstições e rituais para a conquista da boa sorte no ano que se aproxima.

OS CUIDADOS COM A CASA

– A casa deverá ser limpa, varrendo-a de trás para frente, e o lixo deve ser deixado fora. As vassouras devem ser queimadas e as cinzas enterradas.

– Nada quebrado deve ser deixado na casa (jarros de planta, garrafas, copos, pratos e espelhos)

– Lave os batentes da casa com sal grosso e água, ou água do mar.

– Borrife a casa com água-benta nos quatro cantos. O ideal é pintar toda a casa, colocar lâmpadas novas (não deixar lâmpadas queimadas).

– Verifique se os sapatos estão em ordem e se as roupas não estão pelo avesso.

– As flores da casa devem ser amarelas para chamar ouro.

– As portas e janelas das casas devem estar abertas e as luzes acesas.

– Lençóis Novos: a dica é especial para recém-casados. Dizem que os lençóis novos, na primeira noite de ano, deixam as possíveis ameaças do ano passado na máquina de lavar.

 Comidas

– Comer lentilha: uma colher de sopa é suficiente para assegurar um ano inteiro de muita fatura à mesa. A origem desta superstição é italiana e foi trazida para o Brasil pelos imigrantes.

– Comer romãs: serve para atrair dinheiro. Coma sete partes do fruto guardando as sementes na carteira durante o ano todo.

– Comer sementes de uva: para os portugueses, comer 3, 7 ou a quantidade correspondente ao seu número de sorte garante prosperidade e fartura de alimentos. Para garantir também dinheiro, guarde as sementes na carteira ou na bolsa, até a troca do próximo ano novo.

– Comer carne de porco: deve ser o prato principal da ceia, servida à meia-noite. Como o porco fuça pra frente, garante armários cheios o ano todo. Evite o peru, que cisca para trás.

– Comer nozes, avelãs, castanhas e tâmaras: estas, trazidas para cá pelos imigrantes de origem árabe, são recomendadas para garantir fartura.

Roupas

– Usar calcinha ou cueca nova: sorte nos relacionamentos amorosos, porque deixam os amores mal resolvidos para trás. São recomendadas principalmente para quem está com um relacionamento novo ou no começo de um namoro, pois garante um futuro promissor.

– Usar roupa branca: é um hábito relativamente recente, trazido para o Brasil com a popularização das religiões africanas. O branco representa luz, pureza, bondade.

– Usar uma peça de roupa amarela: Você pode usar qualquer peça íntima, um lenço, uma faixa ou um pequeno laço amarelo. O amarelo representa o poder do ouro, das riquezas materiais e do dinheiro.

– Colocar uma nota de dinheiro dentro do sapato: Os orientais acreditam que a energia do nosso corpo entra pelos pés. Quanto maior a nota mais riquezas e prosperidades virão.

Após a 00:00h.
– Pular só com o pé direito: você estará atraindo boas coisas para a sua vida, pois, segundo a Bíblia, tudo que está à direita é bom.

– Jogar moedas da rua para dentro de casa: dizem que atrai riqueza para todos que moram no lugar.

– Dar 3 pulinhos com uma taça de champanhe na mão sem derramar: depois, jogar todo o champanhe para trás, de uma vez só, sem olhar. Você deixa para trás tudo de ruim. E não se preocupem em molhar os outros: quem for atingido pelo champanhe terá sorte garantida o ano todo.

– Subir num degrau (ou algo alto, cadeira, em qualquer coisa em nível mais alto): diz o folclore que isso dá impulso a sua vontade de subir na vida. Comece, é claro, com o pé direito.

– Acender velas na praia para Iemanjá: a deusa africana protege seus fiéis, com saúde, amor e dinheiro o ano todo, dia o candomblé.

– Pular as 7 ondas do mar: tradições africanas, trazidas pelos escravos, o ritual homenageia Iemanjá, dona das águas salgadas. Sete é um número cabalístico, representado por Exu, filho de Iemanjá. Os sete pulos servem para que os caminhos sejam abertos, na certeza de garantir sorte no futuro. Após a homenagem, não dê as costas para o mar.

Além das dicas, superstições também são alvos de quem quer realmente ter mudanças no ano seguinte. – Não passar a virada com os bolsos vazios.- Comer doze uvas verdes a meia noite, assim garante mais dinheiro em todos os meses do ano.

– Guardar um lugar seguro, que ninguém encontre, a tampa da garrafa de champagne da festa da virada, isso chama dinheiro.

– Acender todas as luzes da casa na hora da virada.

– No dia de Reis (6 de Janeiro), coloque três caroços de romã dentro da carteira, para ter dinheiro no ano.

Independente de ser supersticioso ou não, o importante é estar com as pessoas que amamos, felizes, fluindo boas energias…e é claro se divertir muito!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s