29 de abril – Dia Internacional da dança!!

 

Desde 1982, no dia 29 de abril, comemora-se o dia internacional da dança, instituído pela UNESCO em homenagem ao criador do balé moderno, Jean-Georges Noverre.

dança tipos

Junto com o teatro e a música, a dança faz parte das três principais artes cênicas da antiguidade. É caracterizada pelo uso do corpo seguindo movimentos determinados (coreografia) ou improvisados, e pode ser tanto uma expressão artística como uma forma de divertimento.

Sua origem remota da pré-história, quando os homens batiam os pés no chão e aos poucos, foram dando mais intensidade aos sons, descobrindo que podiam fazer outros ritmos, conjugando os passos com as mãos, através das palmas, e era utilizada como forma de expressão das situações aos quais viviam, já  no Egito antigo era usada como forma de homenagem aos Deuses. Ao longo dos anos assim como a mistura dos povos foram acontecendo, os aspectos culturais foram se difundindo e  se mesclando, transformando a dança para a forma que conhecemos hoje.

dança origem

Os estilos variam e podem ser classificados levando em conta variados critérios, como:

  • Quanto ao modo de dançar:
    • dança solo (ex.: coreografia de solista no balé, sapateado);
    • dança em dupla (ex.: tango, salsa, valsa, forró etc);
    • dança em grupo (ex.: danças de roda, sapateado).
    • dança solo dupla grupo
  • Quanto a origem:
    • dança folclórica (ex.: catira, carimbó, reisado etc);
    • dança histórica (ex.: sarabanda, bourré, gavota etc);
    • dança cerimonial (ex.: danças rituais indianas);
    • dança étnica (ex.: danças tradicionais de países ou regiões).
    • dança etinica
  • Quanto a finalidade:
    • dança erótica (ex.: can can, striptease, pole dancing, burlesca);
    • dança cênica ou performática (ex.: balé, dança do ventre, sapateado, dança contemporânea);
    • dança social (ex.: dança de salão, axé, tradicional);
    • dança religiosa/dança profética (ex.: dança sufi).
    • dança coreografada (ex.: Casamento, Debutantes, Bodas); etc
    • dança cancan

Existem vários benefícios com a pratica, como flexibilidade, força, resistência e bem-estar. A interação com outras pessoas é outro beneficio muito importante, pois facilita o convívio e diminui a timidez, como foi o caso do estudante de Ciência dos Alimentos da USP, Marcelo Belchior que tem a dança como sua “válvula de escape”.

dança marcelo belchior

Fotos acervo Pessoal – Marcelo Belchior

1 – Como a dança entrou em sua vida?

Desde criança sempre adorei dançar, minha mãe diz que eu não podia ouvir uma música que já ficava me balançando de um lado para o outro…
Nunca fui bom com esportes que envolvam bolas e nas aulas de educação física do ginásio, éramos obrigados a jogar futebol, mas como eu não sabia jogar, sempre rolava aquele preconceito e ninguém queria me escolher para o time ( seria engraçado se não fosse triste rs). Estava na 7ª série (com 11 anos), quando um grupo de danças populares nordestinas foi dar aula na minha escola, e ao descobrir que quem fizesse essas aulas estaria liberado das de educação física, não pensei duas vezes antes de começar a ensaiar. Esse foi meu primeiro contato com a dança, e a cada apresentação eu me envolvia mais e mais. Dois anos depois, precisei trocar de escola para cursar o ensino médio em outra cidade, junto com a mudança voltaram as aulas chatas de futebol, quer dizer, Educação física. Até que, seis meses depois, Abrem inscrições para participar do novo grupo de dança de salão da escola, me inscrevi e apenas a aula de seleção foi suficiente para que eu me apaixonasse por completo por esta arte.

2 – Quais os benefícios que ela trouxe a sua vida?

A dança só me trouxe coisas positivas até hoje, mas sem dúvidas a mais marcante foi conseguir controlar a timidez. Antes eu não conseguia olhar nos olhos das pessoas para conversar, não conseguia apresentar um trabalho na escola sem cair na risada (esse era um dos meus sintomas de nervosismo), mas hoje já consigo me relacionar bem melhor com os outros e passei a adorar ter público rsrs.

3 – Qual a modalidade, tipo que você mais gosta?

Não consigo escolher uma única modalidade, mas sem dúvidas Dança de salão, Jazz, Dança de Rua (descobri recentemente) e Contemporâneo (Ainda não tive oportunidade de praticar, mas me encanta assistir), estão no topo da minha lista.

4 – Você já participou de alguma apresentação? Como foi a preparação?

Já participei de várias apresentações. No começo o nervosismos era tão grande que eu mal conseguia aproveitar o momento, só me preocupava em não esquecer a coreografia e não errar nada. Com o tempo, fui adquirindo um certo controle do corpo e da mente e fui aprendendo certas coisas que me ajudam a dar o máximo de mim, como cuidar da alimentação na semana das apresentações, me manter hidratado, alongamento é essencial sempre, manter a calma e lembrar de aproveitar o momento, pois a coreografia pode ser a mesma, mas a energia e o momento são únicos. Acredito que o mais importante da dança, antes de tudo, é satisfazer suas próprias necessidades, é estar de bem com aquilo que você se propôs a fazer. A apresentação é um momento que exige total entrega e sem isso o espectador não vai conseguir sentir a verdadeira ideia que a sua coreografia quer passar.

5 – Você participa de algum grupo, ou pratica em alguma academia atualmente? Fale um pouco sobre o lugar, as pessoas.

Atualmente danço na Cia de Dança Rogéria Zago, é um Grupo de Dança de Rua da Cidade de Piracicaba – SP. O grupo é bastante reconhecido aqui na cidade, pela inovação dos seus trabalhos apresentados, mesclando diversos estilos desta modalidade e no momento esta integrando o Teatro as suas apresentações, no desenvolvimento de um espetáculo. O que me encanta nesta Cia é que todos gostam muito do que fazem, todos se empenham para que as apresentações sejam perfeitas e isso valoriza o trabalho proposto pelos coreógrafos e executado pelos dançarinos.

Fonte:

Tipos de dança, Wikipedia, Brasil Escola.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s