Plágio????

Oi gente, hoje vou falar de um tema indicado por um amigo que acompanha o blog, o plágio!!!

Algo que atormenta todos os escritores, conhecidos ou não, e não apenas na literatura, mas na música, cinema, trabalhos acadêmicos, etc.

“No Código Penal Brasileiro, em vigor, no Título que trata dos Crimes Contra a Propriedade Intelectual, nós nos deparamos com a previsão de crime de violação de direito autoral – artigo 184 – que traz o seguinte teor: Violar direito autoral: Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. E os seus parágrafos 1º e 2º, consignam, respectivamente:

§1º Se a violação consistir em reprodução, por qualquer meio, com intuito de lucro, de obra intelectual, no todo ou em parte, sem autorização expressa do autor ou de quem o represente, (…): Pena – reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa, (…).

§ 2º Na mesma pena do parágrafo anterior incorre quem vende, expõe à venda, aluga, introduz no País, adquire, oculta, empresta, troca ou tem em depósito, com intuito de lucro, original ou cópia de obra intelectual, (…), produzidos ou reproduzidos com violação de direito autoral”.

Fonte: http://www.institutohipnologia.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=121:crime-de-plagio&catid=6&Itemid=18

Em resumo o plágio (que é crime, como vocês viram acima) é o ato de apropriar-se indevidamente da obra intelectual de outra pessoa, assumindo a autoria da mesma.

Isso não é novidade, existe muitos casos por aí, alguns comprovados outros não, há pouco tempo um pessoa próxima a mim foi vítima de plágio, ela escreve fic’s (vou falar do que se trata em outro post), e suas histórias são publicadas em um site especializado e em seu blog pessoal, e de repente várias de suas histórias foram republicadas por outra pessoa, só alterando o nome, por sorte suas seguidoras identificaram o plágio e denunciaram. Mas o estrago já estava feito, após o estresse a autora ficou muito desestimulada, e passou meses sem escrever.

Um caso que voltou a ser comentado por conta do Oscar foi do livro que originou o filme “As aventuras de Pi”, até foi comentado domingo no pré-show do Oscar na TNT: O fato é que parece que Yann Martel, o escritor do livro “As aventuras de Pi”, teria se inspirado na obra do escritor brasileiro Moacyr Scliar “Max e os felinos” publicado em 1981, o caso veio a tona em 2002, quando Martel ganhou o premio Booker, e a imprensa suspeitou do plágio, Scliar deixou para lá, não dando inicio a um processo.

Em “As Aventuras de Pi”, um adolescente indiano, filho do dono de um zoológico, acaba em um bote após um naufrágio. Um tigre-de-bengala faz companhia ao protagonista.

Em “Max e os Felinos”, um jovem alemão, que está fugindo do nazismo num navio que transporta animais, acaba em um bote após um naufrágio. E um jaguar faz companhia ao protagonista.

Imagem

E aí o que vocês acham??

Anúncios

Um comentário sobre “Plágio????

  1. Robson Valentim disse:

    Legal a pesquisa no código penal. O enfoque na lei realmente não tinha visto em outras matérias por aí. Na minha opinião, não se tratou de crime. Ideias que já existem são trabalhadas a todo momento para se gerar algo em cima. No entanto, as circunstâncias que envolveram o caso há época dão a entender que o autor de PI não só sabia da existência de Max e os felinos como também quis menosprezar o trabalho do nosso escritor tupiniquim. Se o próprio Scliar, o mais “prejudicado, não considerou, quem vai né?
    Parabéns pelas pesquisas em que se baseiam os seus textos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s